Seu Guia para o Seguro Desemprego em 2020!

Descubra como se beneficiar e dar entrada no pedido do seu seguro desemprego.

Este benefício é garantido aos trabalhadores que foram demitidos sem justa causa. Faça o teste e confira!

Publicidade

Quem tem direito ao seguro desemprego?

Responda uma pesquisa simples e rápida para saber se você tem direito ao seguro desemprego em 2020 ⬇️
Iniciar
Obrigado por realizar a pesquisa, seu resultado está abaixo: %%RATING%%
Your answers are highlighted below.
Return
Shaded items are complete.
123Fim
Return

Confira tudo sobre o Seguro Desemprego em 2020

Agendamento Seguro Desemprego

Ver agendamento

Cálculo Seguro Desemprego

Calcular Seguro

Fique atento as Novidades…

Não basta o cidadão estar desempregado para ter direito ao seguro desemprego, pois o Ministério do Trabalho tem diversas regras especiais para liberá-lo.

Inclusive, a situação trabalhista de cada pessoa influencia o valor do seu seguro desemprego, que não pode ultrapassar os R$ 1.813,03.

Para determinar o valor do seguro desemprego, o governo também vai considerar o tempo de registro desde a última vez em que o benefício foi pedido.

Publicidade

No entanto, existem certas mudanças às quais o trabalhador tem de ficar atento se quiser pedir seu seguro desemprego em 2020, pois elas afetarão o valor total a ser recebido.

A principal mudança é que a contribuição para a previdência social (INSS) será retirada do seguro desemprego, coisa que não acontecia antes.

Até 2019, o trabalhador só fazia contribuições com o INSS enquanto estivesse registrado em carteira e elas paravam no momento da demissão.

Agora, com essa alteração, o trabalhador continua contribuindo mesmo enquanto está fora de uma empresa e isso, com certeza, ajuda-o na contabilização futura de sua aposentadoria.

Publicidade

Vale salientar que, para ter direito ao seguro desemprego, o indivíduo não pode ter pedido demissão voluntariamente, assim como não pode ter nenhuma renda própria quanto está fora do mercado de trabalho.

Além disso, as pessoas só podem receber até cinco parcelas de seguro desemprego e elas nem sempre são mês a mês.

Aqui, você ficará informado sobre todas as novas características do seguro desemprego em 2020:

  • Como dar entrada no seguro desemprego;
  • Quais são os documentos solicitados;
  • Qual é a tabela de valores, ou seja, quanto se pode receber, de acordo com o tempo registrado na CTPS

Leia este material até o final para que todas as suas dúvidas sobre o seguro desemprego em 2020 sejam sanadas e você tenha mais certeza sobre seus direitos sobre o benefício.

Quais são as novas Regras do Seguro Desemprego 2020?

Para 2020 há novas regras do seguro desemprego e é importante ficar atento ao solicitar o benefício. As novas regras do seguro desemprego estão vigentes desde o ano passado. Portanto, o trabalhador solicitante a partir deste ano, já está incluído nessa categoria.

As regras do seguro desemprego estabelecem alguns descontos de contribuições do INSS no valor desse benefício, diferente das regras antigas.

Anteriormente, o trabalhador recebia a parcela integral sem qualquer abatimento. Com o desconto no seguro desemprego 2020, o solicitante continuará contribuindo normalmente mesmo depois da demissão.

Agendamento Seguro Desemprego

Ver agendamento

Cálculo Seguro Desemprego

Calcular Seguro

Essa mudança ocorreu visando as novas regras de contribuição para conseguir uma aposentadoria por idade. No período em que o trabalhador desempregado estiver recebendo o seguro desemprego 2020, será computado como tempo de carência e tempo de contribuição.

O trabalhador que não apresentar a quantidade de contribuição de pelo menos 15 anos, mesmo sendo idoso perderá o direito a aposentadoria. Com as novas regras do seguro desemprego ao alcançar o tempo de contribuição, ficará mais fácil.

Além dessa novidade, outro fator sobre o seguro desemprego 2020, são os valores de pagamento descritos logo mais à frente.

Seguro Desemprego 2020 - Novas Regras - Guia Seguro Desemprego

Preciso ter conta na Caixa para receber o seguro desemprego?

Não existe a obrigatoriedade de o beneficiário ter uma conta no banco da Caixa, ao optar em receber o seguro desemprego 2020.

Mas mesmo sem conta na Caixa Econômica Federal, poderá receber o benefício depois de solicitado no banco com atendente ou em lotérica.

O Cartão Cidadão poderá ser solicitado para retirar o pagamento das parcelas nos caixas eletrônicos do banco também.

A solicitação é feita pessoalmente ou pela internet?

Outra novidade do seguro desemprego é a solicitação pela Internet, além da forma presencial.

Ao solicitar seu seguro desemprego pessoalmente, você deve ir a alguma agência credenciada pela Secretaria do Trabalho.

Entre os órgãos mais comuns na solicitação do seguro desemprego estão o SRTE, o SINE e o Poupatempo.

Contudo se optar em fazer isso pela internet, outra novidade do seguro desemprego 2020 é o pedido pode ser feito online através do Portal Emprega Brasil.

Se acaso houver dificuldades, o próprio site tem uma descrição detalhada de como solicitar o seguro desemprego.

Saiba como funciona o Seguro Desemprego WEB!

Como comprovo as informações?

No atendimento presencial você poderá ir munido de:

  • RG ou CNH;
  • Carteira profissional;
  • CPF;
  • Cartão cidadão ou carteirinha de Identificação de Inscrição no PIS/PASEP;
  • Requerimento de seguro desemprego;
  • Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho (TRCT​), no caso de ter ficado mais de 1 ano no último emprego;
  • Homologação de Rescisão do Contrato de Trabalho, também necessário as rescisões de contrato de trabalho por tempo de emprego superior a 1 ano;
  • Termo de Quitação de Rescisão do Contrato de Trabalho nas rescisões de contrato de trabalho com menos de 1 ano de serviço;
  • Documentos comprobatórios dos depósitos do FGTS ou extrato dos depósitos.

Aliás, pela internet é fundamental, você preencher todas as informações sem qualquer divergência, evitando quaisquer problemas futuros.

Confira como fazer o agendamento do seu seguro desemprego!

Nova tabela de valores – Seguro Desemprego 2020

As novas regras do seguro desemprego, não apenas estabelecem a necessidade do pagamento ao percentual do INSS.

Mas também neste ano, traz uma tabela de pagamento do seguro desemprego por faixa de salário.

  • Se a média dos últimos salários do trabalhador for menor que R$ 1.599,61. Essa média de remuneração será multiplicada por 0,8 sendo calculada os valores das parcelas.
  • Se a média dos últimos salários do trabalhador estiver entre R$ 1.599,62 a R$ 2.666,29. Essa média de remuneração será multiplicada por 0,5 e somada ao valor de R$ 1.279,69, chegando ao valor das parcelas.
  • Se a média dos últimos salários do trabalhador for maior que R$ 2.666,29. O valor das parcelas será de R$ 1.813,03, o valor teto de pagamento do seguro desemprego 2020.

Esse cálculo não inclui o desconto do INSS já mencionada, então, depois dessa operação matemática ainda será verificado o abatimento previdenciário.

Por fim, ficou nítido as mudanças das novas regras do Seguro Desemprego 2020.

Então se deseja solicitar, evite perder a oportunidade desse seu direito.